FANDOM


Warning icon.svg ALERTA DE SPOILER!
Este artigo (ou seção) contém spoilers sobre algo da franquia Evangelion que foi lançado recentemente e/ou é de distribuição limitada. Se desejar, leia-o por sua própria conta em risco.
Warning icon.svg


Geofront-dimensions

Dimensões do GeoFront de Hakone.

"GeoFront" é o termo utilizado para descrever publicamente uma maciça cavidade subterrânea, especificamente o GeoFront localizado logo abaixo de Tokyo-3 (local da cidade Hakone do pré-Segundo Impacto). No entanto, o desconhecido para o público mundial é que o GeoFront não é realmente uma estrutura feita naturalmente, mas, na verdade, é a "Lua Negra" do Anjo Lilith. Também não é revelado ao público que um outro GeoFront foi descoberto na Antártida, esse outro GeoFront é idêntico ao primeiro: a "Lua Branca" do Anjo Adão. O complexo de edifícios Sede da Nerv foi construído no centro do GeoFront, e na verdade todo o complexo de prédios que são o QG da Nerv e o suporte da cidade de Tokyo-3 foram construídos em Hakone, para que pudessem ser construídos ao redor do GeoFront, contendo Lilith.

O GeoFront encontrado na Antártida foi referido nos Arquivos Confidenciais das Nações Unidas com o codinome "GF-01", presumivelmente para "GeoFront-01". Não está claro porém se isso significa que o GeoFront de Tokyo-3 seja o "GeoFront-02", ou se, assim como as Unidades Evangelion, foram numerados começando começando com "00". O GeoFront em Tokyo-3 foi descoberto antes do da Antártida, seu codimome provavelmente seria "GeoFront-00". Em ambos os casos, como a existência do GeoFront da Antártida foi mantida totalmente em segredo do mundo, o termo "GeoFront-01" nunca foi usado publicamente, e o GeoFront do Japão era conhecido simplesmente como "O GeoFront".

O GeoFront originalmente era uma esfera maciça de 13,75 km de diâmetro que, ao longo do tempo, foi preenchida com terra e detritos de deslizamentos de terra; e nos dia de hoje, apenas uma pequena fração no topo não foi enterrada, que forma uma caverna em forma de cúpula subterrânea. Quando o QG da Nerv foi construído, uma maior escavação foi realizada para que os operários pudessem adicionar túneis de acesso, monotrilhos e comboios para carros que conduzem para a superfície e vice versa, etc.

A caverna em forma de cúpula, que constitui o GeoFront nos dias de hoje tem 6 km de diâmetro e 900 metros de altura a partir do centro ao ponto mais alto. O teto da caverna não faz curva e é achatado em uma superfície lisa 2 km de largura, em que os lados da curva sobem em direção ao centro. No centro deste disco achatado está o "Teto da Cidade" com os edifícios móveis de Tokyo-3 que podem ser "descidos" à medida que são recolhidos sob a superfície, o que tem por si só 1,5 km de diâmetro. O topo da caverna não alcança o nível do solo, mas a uma certa distância abaixo da superfície, entre a área de superfície e a parte superior da caverna é rptegida por 22 camadas de placas de blindagem fortificadas, para defender a base da Nerv que está localizada logo abaixo. Assim, pode ser que o piso inferior da caverna GeoFront está aproximadamente a ~1.000 metros abaixo do nível do solo.

Uma florestas com árvores e outras plantes foram plantadas em todo o GeoFront, e um lago artificial foi construído (no qual um cruzador de patrulha da Nerv flutua) em uma extremidade da caverna, para simular as condições adequadas acima do solo para aqueles que trabalham abaixo. Espelhos refletores nos canais de luz da superfície através de grandes janelas na superfície da caverna, resultam na filtragem de luz abaixo na GeoFront juntamente com um realista ciclo de dia/noite.

O centro exato da caverna contem uma profunda vala (no formato de uma pirâmide invertida) na qual os níveis do Quartel General da Nerv descem (a Nerv contém vários níveis abaixo do "nível do chão" da caverna GeoFront, formando instalações subterrâneas abaixo de uma já caverna subterrânea). O nível do chão da caverna em forma de pirâmide fica o edifício QG da Nerv, acima fica um pouco fora do centro, estendendo-se para fora da trincheira central, para o lado da caverna contendo o lago artificial. O lado da caverna em frente ao lago artificial não foi totalmente escavado, então ao invés do teto da caverna se curvam suavemente em direção ao chão, ao nível do solo sobe para enfrentá-lo em uma série de colinas elevadas. Como resultado, enquanto que o diâmetro da caverna é de 6 km pela maioria das secções transversais, com o lado da serra é um pouco encurtada de modo a que o comprimento da caverna em execução a partir do inferno para a parede do lado do lago é talvez a apenas 5 km.

Notas

  • "GeoFront" é um termo da vida real, uma palavra em inglês que foi feita no Japão. A palavra significa "espaço subterrâneo que as pessoas podem usar para viver, fabricar, etc". Devido ao fato do Japão ser pequeno e ter problemas com superlotação, a investigação sobre o desenvolvimento e sustentação da vida no subsolo tem sido alvo de estudos lá.